18 de julho de 2017

Sport luta, é melhor em boa parte do jogo, mas perde para o Botafogo

O Leão vinha de uma excelente sequência no Campeonato Brasileiro: quatro vitórias consecutivas, contra Santos, Atlético-PR, Coritiba e Chapecoense. O time, com a chegada de Vanderlei Luxemburgo, cresceu muito, passando a frequentar a parte de cima da tabela, brigando por vaga na Libertadores de 2018.

E o jogo mostrou exatamente isso. Duas equipes bem armadas, brigando de igual para igual. O time carioca saiu na frente logo no primeiro minuto de jogo. Após cobrança de falta de Gilson, Joel Carli escorou para o meio da área, Lindoso cabeceou contra a meta de Agenor. A bola ainda bateu em Roger, impedido, antes de entrar. Mas a arbitragem confirmou o gol do alvinegro. Mas o Leão não se abateu e continuou impondo seu ritmo de jogo, com boas jogadas no setor ofensivo. E tamanha ousadia foi premiada aos 7 minutos. Everton Felipe cobrou falta, Diego Souza resvalou e Durval finalizou para Jefferson fazer uma grande defesa. No rebote, Rithely chutou forte e empatou o jogo. O Sport não se mostrou satisfeito e continuou jogando de maneira ofensiva. Aos 30, quase um golaço. Everton Felipe fez uma boa jogada pela direita e rolou para o meio da área. Diego Souza, de maneira muito inteligente, abriu as pernas, fazendo um lindo corta-luz para André, que bateu de primeira, rente à meta do Botafogo.

Luciano Belford/AGIF

Luciano Belford/AGIF

Entretanto, o Sport não voltou tão bem na segunda etapa, e o Botafogo passou a dominar as ações. Aos 24, Pimpão achou Roger entre os zagueiros. O centroavante fez um belo pivô e deixou Guilherme em excelente condição de fazer o segundo gol da equipe.

Mesmo com a derrota, a fase do Leão ainda é boa, a apenas 1 ponto da zona de classificação para a Libertadores. O Sport agora enfrenta o Atlético-GO, quinta-feira (20), na Ilha do Retiro, às 19:30, pelo Campeonato Brasileiro.