17 de abril de 2017

Sport se impõe na Ilha e conta com a estrela de Juninho para vencer o Náutico

Jogando na Ilha do Retiro, o Leão costuma mostrar quem manda em casa. Na semifinal do Campeonato Pernambucano, não foi diferente.O Sport começou o clássico pressionando muito a equipe do Náutico. Aos 2, Diego Souza bateu lateral rápido para André, que de primeira, cruzou. Rogério tentou emendar uma bicicleta, errou, mas a bola sobrou para Mena, que obrigou Tiago Cardoso a fazer uma grande defesa. Em seguida, Fabrício ainda tentou de fora da área, mas errou. Logo depois, aos 4, Diego Souza encontrou Rogério, que chutou forte e forçou a segunda defesa difícil do goleiro do Náutico. Aos 11, outra chance do Sport. Samuel Xavier cruzou, Rogério cabeceou por cima do gol. Aos 33, uma sequência impressionante de chances para o Sport. Primeiro, Rithely lançou André, que entrou sozinho, mas bateu fraco. Em seguida, Mena cruzou pela esquerda e o atacante cabeceou na trave. Depois, Diego Souza invadiu a área pela direita, tirou os zagueiros, mas bateu na rede, pelo lado de fora. Os últimos 10 minutos foram debaixo de muita chuva. André ainda teve outra oportunidade, depois de falha da zaga adversária, mas chutou por cima. Após pressionar muito e perder inúmeras chances, o castigo para o Sport. Em cobrança de falta aos 44 minutos, Marco Antônio abriu o placar para o Náutico.

Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife

Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife

Na volta do intervalo, o rubro-negro continuou em cima. E finalmente, conseguiu chegar ao gol, aos 6 minutos. Após cruzamento na área, formou-se uma grande confusão, e a bola sobrou para Diego Souza fuzilar e, de bico, empatar a partida. Aos 9, outra boa chance e por pouco o Embaixador de 87 não vira a partida. Outra boa bola de Samuel Xavier, e ele cabeceou no travessão. Aos 19, a ducha de água fria. Manoel cruzou, Erick escorou e Anselmo, com liberdade, tirou de Magrão, fazendo 2 a 1 para o Sport. O placar se manteve até os minutos finais, até que Juninho entrou em ação. A jóia do Leão recebeu um bom cruzamento aos 45 minutos e cabeceou com categoria, empatando o jogo. E ele não parou por aí. Aos 46, Everton Felipe cruzou, Juninho aproveitou e virou o jogo para o Leão.

O Sport leva agora vantagem para a próxima partida, que acontecerá no próximo domingo, dia 23, às 16 horas, na Arena Pernambuco. Com uma vitória ou um empate, o Leão se garante na decisão do estadual.