31 de março de 2017

Sport luta muito, mas perde por 3 a 1 pro Campinense e deixa a decisão da vaga para a Ilha do Retiro

Na estreia do Ney Franco, o Sport lutou contra o time adversário e contra as condições do jogo. Com a forte chuva na noite, o gramado ficou muito pesado e bastante prejudicado. Com isso, a qualidade de jogo do Leão foi muito prejudicada.

Logo aos trinta segundos, o Campinense já chegou com perigo e mostrou o quão dura seria a disputa. Aos vinte e oito, o primeiro gol. Reinaldo Alagoano ajeitou e Magno chutou forte, no cantor de Magrão. Um minuto depois, mais um gol do Campinense. Empolgada gol o primeiro, a equipe de Campina Grande continuou em cima. Reinaldo Alagoano acertou um lindo chute, Magrão espalmou e Augusto fez o segundo.

Na volta do segundo tempo, o Sport equilibrou as ações e foi mais incisivo. Depois de desperdiçar algumas oportunidades, o Leão diminuiu aos trinta e cinco. O gol teve o brilho do menino Juninho, grande revelação, que havia entrado dois minutos antes e desviou cruzamento de Raul. Depois do gol, o Sport cresceu e pressionou muito. Diego Souza fez linda jogada e chutou rente a trave. Depois, Rogério obrigou o goleiro adversário a fazer grande defesa.

Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife

Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife

Aos trinta e oito, o grande castigo. Depois de pressionar, mas não marcar, o Campinense chegou ao terceiro gol. Após confusão na área, Reinaldo Alagoano ficou cara a cara com Magrão e só tirou do goleiro, fechando o placar.

Apesar da derrota, o Sport segue vivo na Copa do Nordeste. O jogo de volta será neste domingo (02/04), às 16 horas, na Ilha do Retiro. Uma vitória por 2 a 0 classifica o Sport, assim como qualquer vitória a partir de 4 a 2.